Metafísica da Casa

Metafisica da Casa

De que forma a casa reflete a consciência dos seus moradores?

Metafísica é uma palavra com origem no grego e que significa “o que está para além da física”. É uma doutrina que busca o conhecimento da essência das coisas.

A casa é uma extensão da gente. A arquitetura abraça imensamente essa ideia, e o Feng Shui a expressa, de maneira energética e natural. A base dessa medicina chinesa dos espaços é a Natureza – é a busca pelo lugar ideal para se viver protegido do externo, do vento (Feng) e cercar-se do nutritivo, da água (Shui).


Exemplos:

  • Portas – se coloca como a boca e o nariz. A entrada das energias vitais, diretamente ligada ao chakra laríngeo. Aquilo que emanamos e expressamos ao entrar e sair. Preste atenção, se algo acontece com sua porta (quebrada, travada, descascada), será que você também não tem deixado de falar coisas, de se abrir à outras?
  • Teto – se relaciona com a cabeça e o chakra coronário. Pé direito (altura entre piso e teto ou forro) muito baixo pode causar bloqueios. Excesso de iluminação pode refletir um excesso de autocobrança.
  • Parte elétrica e hidráulica – dizem sobre o sistema nervoso e circulatório, respectivamente. Traduzindo: nervosismo, agressividade, e má circulação, pressão alta, ou emoções cristalizadas – podendo, inclusive psicossomatizar causando pedra nos rins.
  • Chão – guarda relação com os pés. Eles têm ligação com o chakra básico, da segurança e materialismo. Se estão quebrados, soltos, mal colocados, podem provocar essa distorção com as posses materiais, a insegurança e falta de motivação.

A casa está diretamente ligada à energia dos moradores. É um lugar onde precisamos nos sentir em paz, confortáveis e seguros.

Para que haja uma ressonância positiva entre a casa e seus moradores, a organização deve ser priorizada.

Este cuidado será refletido em nós e assim sentiremos os benefícios do Feng Shui em todos os setores da nossa vida. Afinal de contas, toda técnica energética só funciona a partir da nossa ação.

Não existe “varinha mágica”, mas muita responsabilidade, sabendo que somente somos vítimas de nós mesmos, porque que tudo que atraímos é resultado de cada pensamento, cada planejamento e cada execução.